Exposição itinerante “Um Mundo Sem Trabalho Infantil” chega a 12ª Subseção da OAB-SP

Mostra fotográfica que retrata as piores formas de exploração da mão de obra de crianças e adolescentes poderá ser conferida na Casa da Advocacia e Cidadania de Ribeirão Preto entre os dias 07 e 09 de Outubro

A exposição itinerante “Um mundo sem trabalho infantil”, que retrata as piores formas de exploração ilegal da mão de obra de crianças e adolescentes, chega a Ribeirão Preto. Entre os dias 7 e 9 de outubro  ficará montada na subseção local da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) (Rua Cavalheiro Torquato Rizzi, 215 – Jardim Sao Luiz), que sediará também, no dia 8, uma palestra sobre o trabalho infantil com a participação de integrantes do Fórum Municipal pela Erradicação do Trabalho Infantil. A partir de 10, a exposição poderá ser conferida no Fórum Trabalhista de Ribeirão Preto (Rua Afonso Taranto, 105 – Nova Ribeirania).

O Juizado Especial da Infância e da Adolescência (Jeia), coordenado pela juíza Márcia Cristina Sampaio Mendes, titular da 5ª Vara do Trabalho, prepara um evento especial sobre o tema no dia 16, às 17 horas. A mostra fica em cartaz no FT até dia 17, no horário de atendimento ao público, de segunda a sexta-feira, das 12 às 18 horas, e depois segue para o Centro Universitário Estácio de Sá. Ribeirão Shopping e Senac de Ribeirão Preto também integram o roteiro. (Confira abaixo a programação).

A iniciativa é do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região como parte das atividades do Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem da Justiça do Trabalho. A exposição, que já foi exibida em cidades como Brasília, Curitiba, Presidente Prudente, Bauru, Campinas e Aparecida, tem o objetivo de conscientizar a sociedade de que é preciso, com urgência, exigir o respeito aos direitos desses jovens, conforme estabelece a legislação brasileira, sobretudo a Constituição Federal e o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

A mostra retrata como ainda hoje, no País, crianças e adolescentes dos 5 aos 17 anos são submetidos a expedientes extenuantes, muitas vezes nas piores formas de trabalho infantil, em carvoarias, lixões, empregos domésticos e outras formas de exploração. O problema, entretanto, vai muito além de trabalhos perigosos e insalubres, incluindo atividades criminosas como escravidão, abuso sexual e exploração infantil, como a exposição também revela. A mostra é composta por 17 painéis, com destaque para o maior deles, de 10 m X 1,8 m, que traça uma “linha do tempo” sobre o trabalho infantil no País.

Agenda

7/10 a 9/10: OAB Ribeirão Preto, com palestra sobre Trabalho Infantil no dia 8, mobilizando membros do Fórum Municipal pela Erradicação do Trabalho Infantil. 

Rua Cavalheiro Torquato Rizzi, 215 – Jardim Sao Luiz

10/10: Câmara Municipal de Ribeirão Preto, palestra sobre o combate ao trabalho infantil durante sessão plenária dos vereadores e exibição da mostra fotográfica em slides. 

Av. Jerônimo Gonçalves, 1200 – Centro


10/10 a 17/10: Fórum Trabalhista de Ribeirão Preto

Rua Afonso Taranto, 105 – Nova Ribeirania – Ribeirão Preto/SP 

16/10: Evento de apresentação de manifestações culturais no Fórum Trabalhista, com a participação do Ministério Público do Trabalho (MPT),  Defensoria Pública, OAB local e de membros do Fórum Municipal pela Erradicação do Trabalho Infantil. 

19/10 a 23/10:  Centro Universitário Estácio de Sá. Atividade Acadêmica com os alunos. 

Rua Abrahão Issa Halach, 980 

 

24/10 a 30/10: Ribeirão Shopping. Av. Cel. Fernando Ferreira Leite, 1540 – Jardim California.

 

30/10 a 8/11: 

SENAC de Ribeirão Preto, com acesso aos jovens em formação em cursos de aprendizagem. 

Rua Capitão Salomão, 2133 – Jardim Mosteiro

Os comentários estão encerrados.

Portal da Transparência