oficio(clique nas imagens)

No dia 07 de Março, explodiu uma bomba na sede da Ordem dos Advogados do Brasil do Rio de Janeiro. O artefato explodiu entre o oitavo e novo andar, não deixando feridos, o prédio foi evacuado pelos advogados e funcionários em dez minutos.

Ainda sobre apuração, segundo informações passadas ao Disque-Denúncia, o ato de violência foi provocado em retaliação a instalação da Comissão da Verdade na Seccional carioca, que apura acontecimentos durante a ditadura militar no Brasil.

Destaque para a parte do documento que dá enfase a grandeza da entidade: “A nossa instituição, temos certeza pela sua grandeza, nunca esmorecerá diante de atos como este, que tentam cercear a verdade, a liberdade e o direito democrático”

 

No dia seguinte, 8 de Março, a diretoria e a Comissão dos Direitos Humanos da 12ª.  Subseção da OAB/SP enviaram documento de desagravo à OAB RJ e a seus funcionários em virtude do atentado sofrido no dia anterior.

oficiorj2

Em resposta ao ofício encaminhado pela Comissão de Direitos Humanos da 12a Subseção, o Presidente da OAB/RJ Felipe Santa Cruz agradece o apoio e diz:

“O apoio de nossa classe, manifestada por meio de mensagens como a sua, é fundamental para sabermos que estamos no caminho certo, e nos estimula a continuarmos nossa luta destemida em prol do esclarecimento das violações aos direitos fundamentais perpetradas durante o regime militar brasileiro”.