Diretoria cobra soluções da Justiça do Trabalho

Encontro anual da AASP em Ribeirão demonstra o crescimento da representatividade da Subseção no cenário nacional.
30 de março de 2017
Esporte e integração conquistam destaque na Subseção
4 de abril de 2017

Diretoria cobra soluções da Justiça do Trabalho

427ad9fa-654d-4930-ba32-e13107fa8536A Justiça do Trabalho tem sido um foco de grandes reclamações por parte da Advocacia, truculência de magistrados, abusos de autoridade e, até falta de urbanidade são umas das queixas.

Diante deste cenário, o vice-presidente da 12ª. Subseção, representante da entidade na Justiça do Trabalho, Fabio Esteves de Carvalho, esteve reunido ontem, 29, com o Desembargador Samuel Hugo Lima, Corregedor Regional do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, para trazer luz aos fatos e cobrar soluções.

Além do relato do diretor, a diretoria formalizou em documento “suas justas reivindicações, bem como, solicitou melhorias com relação às Varas da Justiça do Trabalho de Ribeirão Preto”.

Dos pontos mais críticos, que causam transtornos e quais foram solicitadas medidas capazes de conciliar o princípio da razoabilidade do processo com a racionalidade do tempo de análise das causas:
1 –Audiências designadas para mais de um ano após a distribuição da ação;
2 – Déficit no “Delta” das Varas, conforme resposta aos ofícios enviados à cada secretaria da Justiça do Trabalho;
3 –  Entrega de guias de retirada exclusivamente aos patronos em obediência a nova orientação do Tribunal;
4 – Melhoria, através de um sistema de trabalho voluntário na Varas através de alunos de Universidades com parceria com a OAB.
5- Respeito devido e legal dos Direitos e Prerrogativas da Advocacia.

O Corregedor ouviu atentamente os reclamos e com solicitude se prontificou a uniformizar os procedimentos para resolver o problema de pauta demorada e execução, através do projeto “Apoia 15”, que será uma compilação de iniciativas de prestação de serviço bem sucedidas que serão usuais e iguais em todas as Varas. Segundo o diretor Carvalho, ficou estipulado prazo para a solução dos problemas: “O trabalho da Subseção na Justiça do Trabalho é diário, estamos atentos e vigilantes, sempre em busca de melhorias, na reunião ficou estipulado prazo para a solução dos problemas apontados e iremos cobra-las…..”, disse o diretor Fabio Esteves Carvalho.

Participaram também desta reunião, os advogados, Paulo Temporini, Clovis de Biasi, Camila Amin Elisa Cury e Manuela Tortul.

9453eded-4076-45e1-811f-7f474a4e5f49

Os comentários estão encerrados.